Excesso de exposição ao sol é o principal causador do câncer de pele

O Dezembro Laranja é realizado no início do Verão justamente porque o sol é o principal fator de risco para o desenvolvimento do câncer de pele. Por isso, a importância da prevenção e do diagnóstico precoce.
Compartilhe:
Share on facebook
Share on whatsapp
Pessoas de pele clara, com pintas e manchas, idosos e aquelas que possuem histórico de câncer de pele na família estão mais sujeitas a desenvolver a doença. Assim como, quem também se expôs muito ao sol ao longo da vida.
Além disso, o bronzeamento artificial também oferece alto risco de desenvolvimento de câncer de pele, mais do que a exposição aos raios solares. Isso ocorre porque elas emitem altos níveis de UVA, a radiação ultravioleta, de maior risco para a doença.

A dica do dia é: Procure evitar a exposição excessiva à radiação solar, UVB (responsável pela queimadura avermelhada da pele) e UVA (ultravioleta), principalmente entre 10h e 16h! Isso não é restrito somente a dias de sol, ok? Mas também em dias com o céu nublado.

O uso do protetor solar diariamente é fundamental, além do uso do boné, chapéu, guarda-sol…
Outra coisa essencial é o acompanhamento anual e periódico com um dermatologista para o monitoramento de manchas, pintas e sinais que podem identificar o câncer de pele. Isso porque, existem regiões do corpo em que a pessoa sozinha não consegue visualizar.
A SIM conta com uma equipe de dermatologistas que podem te ajudar nesse acompanhamento e monitoramento.
Não deixe para depois o cuidado com a sua saúde!

Mais Notícias

Fatores de risco de melanoma

Resultados de exame online. Mais conforto e comodidade para você.

5 dicas para cuidar da saúde dos seus olhos

Cirurgia de catarata: Quanto mais cedo, melhor.

Em que podemos ajudar?